local 1

Mais de 70% dos paranaenses pretendem viajar a turismo mesmo durante pandemia do coronavírus, diz pesquisa

Por Portal A Voz Da Cidade em 21/11/2020 às 17:24:50
Lazer foi o principal motivo apontado para as viagens, com 38%. Já 40% dos turistas que não pretendem sair de suas cidades justificaram que viajar não é prioridade no momento atual. Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, Região de Curitiba

Divulgação/Ministério dos Transportes

Setenta e dois por cento dos paranaenses pretendem viajar até março de 2021, mesmo com a pandemia do coronavírus, segundo uma pesquisa da Paraná Turismo, em parceria com o Conselho Paranaense de Turismo.

CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias

De acordo com o levantamento, o principal motivo apontado para as viagens, com 38%, foi o lazer, seguido por férias ou descanso, com 33%.

Para 32% dos viajantes, o fator determinante para que a viagem ocorra é o preço e a oferta de produtos, que estão mais baratos.

Por outro lado, 40% dos paranaenses disseram que viajar não é prioridade no momento atual ou que não há interesse em sair de suas cidades.

Em relação ao coronavírus, entre os paranaenses que pretendem viajar, apenas 15% planeja um destino com poucos casos da doença.

Mais de 72% dos turistas afirmam que viajarão na companhia da família, com todos hospedados na mesma residência.

A pesquisa é a segunda edição da Sondagem dos Impactos da Covid-19 com potenciais turistas realizada pelo Governo do Paraná.

O objetivo é mensurar as principais necessidades e desejos dos turistas no período de pandemia, além dos impactos no turismo paranaense.

Coronavírus no Paraná

Os números da Covid-19 têm aumentado expressivamente no Paraná. Até sexta-feira (20), mais de 248 mil casos tinham sido confirmados no estado, segundo a Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa).

Em Curitiba, a secretária de Saúde da cidade, Márcia Huçulak, alertou para a situação preocupante da doença e revelou que, além do SUS, a rede privada também está chegando à capacidade máxima de vagas em UTIs para a doença na capital.

Em uma coletiva, ela garantiu que a Prefeitura está organizando orientações para evitar a transmissão do coronavírus durante as festividades de fim de ano, como Natal e Ano Novo.

As cirurgias eletivas foram suspensas pela Prefeitura de Curitiba diante da ocupação dos hospitais.

Vídeos

Veja mais notícias no G1 Paraná.

Fonte: G1

local 2

Comentários

local 3